BIO Curiosidades

Corujas

Curujas

Lista do conteúdo

Corujas

Classe: Aves  Ordem: Strigiformes 

Diferente da maioria das aves, a coruja é capaz de piscar um olho só e girar a cabeça até três quartos da rotação total.

Ave símbolo da inteligência (ainda não sei porquê), ja assustou muita gente com seu canto noturno (uuuu, uuuuu), e com seus olhos grandes abertos no escuro da noite.

Alimenta-se principalmente de pequenos animais.

Curujas

Onde a coruja dorme?

Algumas corujas moram em ocos de árvores.

Para procriar, a coruja precisa pôr seus ovos (de três a nove) em lugares protegidos, como ocos de árvores, abrigos de construções humanas ou tocas de coelhos.

O casala de corujas cuida dos filhotes.

Nos ninhos sujos da coruja, muitas vezes proliferam fungos luminescentes, espécie de bolor luminoso que acaba aderindo às penas, e por isso as vezes pode ter “um certo brilho” nas penas…sendo em alguns locais até considerada “mágica ou assombrada”

Curujas

Super audição

Embora a coruja tenha uma visão noturna especialmente boa, ela depende quase que totalmente da sua audição quando caça no escuro.

Roedores noturnos são as principais caças da coruja, muito sensível a ruídos como o do camundongo.

Como seu vôo é quase silencioso, ela consegue aproximar-se para atacar avítima sem ser ouvida.

Após localizar a presa, a coruja mergulha para o ataque, acompanhando cada volta ou desvio da sua caça.

O ouvido da coruja escuta os chamados dos filhotes até a 2 quilômetros de distância.

Curujas

Super visão

O pescoço do mocho orelhudo (na foto ao lado) é tão flexível que ele pode girar a cabeça quase uma volta completa.

A ave tem um campo visual muito exato, embora muito estreito. A capacidade giratória do pescoço compensa o campo visual limitado.

Uma membrana transparente protege o olho.

Os olhos da coruja ficam na frente da cabeça permitindo que seu campo visual possa ser rastreado pelos dois ilhos juntos. Esse sitema binocular é essencial para a avaliação exata de tamanho e distância. o problema é que a ave tem que virar a cabeça para ver o que acontece dos lados.

O sucesso do mocho está no tamanho e na constituição dos seus olhos, feitos para absorverem a maior quantidade de luz possível.

As corujas são bichos prevalentemente noturnos, porque sua visão é ofuscada pela luz do dia. Mas às vezes são também ativas durante o dia.

Curujas

A coruja da neve é branca para camuflar-se melhor, e assim ter vantagem sobre suas presas.

Como as corujas tem hábitos noturnos, dificilmente se ve uma à luz do dia.

 

Fotografada na RPPN Corredeiras do Rio Itajaí, em Itaiópolis (SC), uma das menores corujas do mundo que tem o tamanho de um tico-tico. Veja a foto no link acima.

As corujas, assim como as outras aves, são ovíparas.

Curujas

Curujas

Curujas

Curujas

Curujas

Curujas

Curujas

O olho dos vertebrados, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos possui a mesma estrutura da câmara fotográfica. Uma lente que forma a imagem e, no lugar da película fotográfica, a retina que transmite a imagem ao cérebro.

Alguns usam muito mal esse instrumento. Há mamíferos quase cegos, como a toupeira, e outros como o cão, que enxergam bem mas usam mais o olfato.

Os vertebrados que obtiveram melhores olhos são as aves rapinantes, que os usam para distinguir suas presas lá das alturas e para calcular a distância do mergulho que vão dar para agarrá-las. E conseguem calcular essa distância com precisão de centímetros, coisa que nenhum mamífero seria capaz de fazer tão bem quanto as corujas.