BIO Curiosidades

Albatroz

Lista do conteúdo

Albatroz

Classe: Aves

Ordem: Procelariformes

Família: Diomedeídeos

Espécie: Diomedea exulans

O albatroz é uma ave marinha, e só vai para a terra para ter os filhotes (geralmente uma ilha desabitada).

Enquanto os albatrozes ficam no mar (podem ser meses), eles bebem água salgada.

O excesso de sal é excretado por glândulas nasais.

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Os albatrozes concentram-se em áreas desabitadas de ilhas oceânicas, para o acasalamento, a postura e a incubação dos ovos.

A escolha dos casais envolve danças e leves bicadas.

Também esfregam o bico um no bico do outro (como se fossem beijinhos), levantam o bico para o céu, depois ficam se olhando, com a cauda levantada e as asas enormes bem abertas e estendidas.

Os ninhos são construídos de uma trama de ervas secas e lodo, com meio metro de altura, próximos uns dos outros.

A fêmea fica chocando um único ovo durante oito a onze semanas, e o defende furiosamente contra estranhos.

Quando ela está muito cansada, o macho choca o ovo por alguns dias, depois de descansar, ela continua a chocar.

Se alimentam principalmente de peixes, mas também podem comer outras aves e até carcaças de animais mortos.

Os albatrozes costumam seguir navios, para comerem restos de comida. E as vezes seguem o mesmo navio por dias.

Abertas, as asas do albatroz podem chegar a 3 metros e meio.

O corpo pode ter 1 metro de comprimento e o peso pode ser de 7 a 13 kg.

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Os filhotes de albatroz nascem com plumas e podem demorar mais de 6 meses para sair do ninho.

O filhote é alimentado uma vez por dia com comida regurgitada pela mãe, ou pelo pai.

Quando está com 5 meses, começa a receber comida a cada dois dias…logo terá que se alimentar sozinho.

O pé do albatroz, tem 3 dedos unidos por membranas, é importante na hora de levantar voo e de pousar na água.

O bico do albatroz é grande, forte e curvo.

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Começa a cansativa operação de levantar voo.

Pedalam com força, para ganhar velocidade, o pescoço estirado para a frente, abrem as asas enormes, ganham impulso, e vão deslizando deixando um rastro de espuma.

Albatroz

Albatroz 

Já alguns centímetros acima da água, começam a recolher o pescoço e as pernas.

Quando ganham altura, os pés ficam colados ao ventre e o pescoço retoma a silhueta curta, característica comum aos predadores alados e rapinantes.

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Já no alto, o albatroz quase não bate as asas, ele prefere aproveitar as correntes de ar ascendentes. Algumas vezes até cochilam plainando.

Mas para dormir mesmo, ficam boiando nas ondas do mar.

Além do ótimo sentido de orientação que esses pássaros marinhos têm, a habilidade de aproveitar as correntes de ar para plainar, faz com que eles voem grandes distânciascom menor esforço.

O albatroz pode voar a 80 km por hora.

Albatroz

Albatroz

Albatroz

Albatroz 

As fotos ao lado e abaixo foram feitas em San Francisco, California.

Passeando entre os turistas, na Fisherman’s Wharf, próximo ao pier 39, os albatrozes passeiam sem se preocupar, entre carros e pessoas, tentando pegar alum resto de comida que caia.

Se você der bobeira, eles tomam seu lanche mesmo…rsrs